Cascata do Arado - Gerês

22:36:00 Mara Oliveira 1 Comments


A Cascata do Arado está localizada no Rio Arado, perto da aldeia Ermida, e é uma das cascatas mais conhecidas do Parque Nacional Peneda-Gerês.

Quanto aos acessos...
Seguindo as indicações em direcção à cascata do arado vão encontrar um "cruzamento", perto do Miradouro das Rocas, aí termina a estrada alcatroada. Podem deixar o carro nessa zona ou continuar pela estrada de areia (nós continuámos), estacionámos o carro perto da ponte e depois seguimos a pé.

Depois da ponte e do lado direito do rio existem umas escadas que nos levam a uma pequeno miradouro, nós subimos e de lá conseguimos observar a cascata em todo o seu esplendor situada a cerca de 900 metros de altitude. Pelo que nos disseram esta cascata encontra-se praticamente seca no mês de Agosto, pela falta de água quando chove pouco e pela vegetação muito densa que dificulta a passagem da água. Porém, tivemos sorte e havia uma piscina bastante generosa para banhos e mergulhos.


Existem duas formas para chegar à base da cascata...


Por um lado, podem escolher o trilho de terra que se encontra ao lado do miradouro, é uma descida bastante íngreme e perigosa mas é o caminho mais curto. Nós soltámos a veia de Tarzan que existia dentro de nós e lá fomos! A descida é acentuada e de terra batida, é perigosa mas basta irem ao vosso tempo, terem cuidado, colocarem os pés apenas em locais seguros e segurarem-se a troncos que estejam mesmos fixos! Eu não sou a pessoa mais "em forma" de sempre e não senti uma dificuldade extrema em fazer o percurso. 
Por outro lado, podem seguir pelo caminho de pedras, junto ao local onde se deixa o carro. Este caminho é mais longo mas mais acessível porque é sempre a direito, só têm de ter cuidado de não escorregar nas pedras e fugir das poças de água. Haviam imensas crianças a regressar por lá, para terem noção do nível de dificuldade. 





Quanto aos Mergulhos...
A água era límpida e cristalina, conseguíamos ver o fundo sem dificuldade! Além disso, a água não estava tão fria como eu esperava! Talvez não tenha sentido tanto a diferença de temperatura porque já era tarde e cá fora não estava assim tanto calor. Existiam imensos peixinhos! Convém é ter imenso cuidado nos mergulhos, como podem ver na foto que estou de corpo inteiro tenho água pelo joelho porque estava em cima de uma pedra gigante (é visível na foto em castanho), um passo para a frente e já era super fundo e não tinha pé. O que eu senti mais dificuldade foi mesmo em andar pelas rochas porque escorregam imenso, se tiverem sapatilhas para andar dentro de água levem! Vão sentir-se muito mais seguros. 

Resumindo...

Eu gostei muito! É sem dúvida um ponto a visitar no Gerês para amantes da natureza. 
O percurso é atribulado mas conseguem fazer sem serem profissionais de escalada. Porém, não vão com a expectativa de encontrar uma grande cascata porque não é, acredito que em plenas tardes de Verão cheia de gente não deve ser uma experiência agradável.


Localização da Cascata do Arado

Coordenadas GPS: 41° 43′ 25.644″ N 8° 7′ 47.496″ W


You Might Also Like

1 comentário:

  1. Nunca visitei mas tenho muita curiosidade. É preciso ter-se muito cuidado nestes sítios mesmo!
    A Maria Rita blog

    ResponderEliminar